Coletivo Fuligem e Grupo Zibaldoni: Conversando a gente tece a rede do PFE

Um dos objetivos da Tour da Coordenação do Palco Fora do Eixo pelos coletivos do interior de São Paulo é, por meio de conversas com grupos locais, trocar (sugiro compartilhar experiências, rsrs) experiências e vivências, ou melhor, tecnologias, para estimular a implementação de núcleos cênicos nessa cena cultural interiorana e já fortificada e estruturada pelo trabalho do Colméia Cultural, Enxame, Massa e Fuligem.

Em Ribeirão Preto, os integrantes do Coletivo Fuligem já iniciaram o processo de integração das artes em sua ação de lançamento, em maio de 2010, denominada Festival de Bolso. Além de bandas e exposição de artes visuais uma das atrações do evento foi uma intervenção teatral do Grupo Zibaldoni que possui como foco de pesquisa o trabalho do palhaço com comunidades periféricas da cidade.

Organizadores do Movimento Gira-Sola juntamente com o Grupo Teatral Engasga Gato e SESC de Ribeirão Preto, estão pré-produzindo a segunda edição da Mostra de Teatro, que nesse ano ganhou reconhecimento do governo sendo aprovada para abertura de edital pelo Programa de Incentivo Cultural. Além dessa mostra, o grupo, que possui sede fixa, dedica-se integralmente à linguagem do palhaço, desenvolvendo projetos como “Desconcertando”, espetáculo de palhaços que nasceu na rua através da relação direta com o público e vem sendo apresentado para comunidades da periferia de Ribeirão; e o projeto “Cabaré Que Varia Até”, realizado esporadicamente no Espaço Cultural Zibaldoni, proporcionando a troca entre os artistas da cidade, que inscrevem suas cenas de até 10 minutos, ou com convidados pelo Grupo Zibaldoni.

Em uma conversa que durou cerca de quatro horas com o Coletivo Fuligem, Grupo Zibaldoni e Coordenação do PFE, discutiu-se a forma de organização das ações do PFE e as diretrizes que norteiam o trabalho como: quais grupos buscamos para construir conjuntamente essa rede de circulação e gestão, qual a relação dos grupos com o coletivo, que tipos de demandas são almejadas para o ano de 2010/2011, entre outros pontos. A partir desse encontro, os primeiros passos já foram dados em Ribeirão Preto: o Grupo Zibaldoni assume o Palco Fora do Eixo na cidade e já pensa em uma primeira ação estruturante para a rota entre os coletivos Fuligem, Massa, Enxame e Colméia por meio de encontros sediados em cada cidade e organizados pelos grupos e coletivos responsáveis pelo movimento da cena local.

Redação: Cláudia Schulz – Revisão: Lucia Dalmaso – Fotos: Leo Otero



Deixe um Comentário