Festival Fagulha chega à sua quarta edição com programação diversificada

Integrado ao Circuito Paulista de Festivais Independentes e a Rede Brasil de Festivais evento conecta Ribeirão à cena independente Brasileira

Ilustrações de Gabriel Henriques e tipografia de Kairon Sarri

 

Entre os dias 12 e 15 de novembro Ribeirão Preto recebe a quarta edição do Festival Fagulha de Artes. Integrado ao Circuito Paulista de Festivais Independentes e a Rede Brasil de Festivais, o evento leva programação cultural com oficinas, debates e apresentações à Escolas Estaduais, ao Centro da cidade e ao Teatro de Arena, onde acontecem os shows de encerramento. Outro destaque da programação é a festa “Danço, Logo Existo!” dedicada à diversos estilos de dança como Sapateado, Dança de Rua, Dança de Salão, Contemporâneo e outros. Em sua quarta edição, o festival tem o objetivo de difundir diferentes expressões culturais, além de promover a circulação de ideias e artistas ligados à cena independente em Ribeirão Preto.

Fagulha nas Escolas – Com parte da programação voltada para a integração de atividades culturais com a educação de jovens, o Festival Fagulha visita as escolas Rafael Lemos, nos Campos Elíseos, Otoniel Mota e Thomaz Alberto, na área central de Ribeirão Preto. Alunos do ensino médio da Rafael Lemos poderão conhecer mais sobre a história e até aprender passos básicos de Dança de Rua com b-boys da Funk Fockers Crew. Já no Thomaz Alberto, os jovens terão contato com a Permacultura e a Ecologia com as tecnologias sociais desenvolvidas pela Estação Luz. No Otoniel Mota os alunos participarão de uma oficina de teatro e ocupação cênica com o grupo Panis et Circenses.

PósTV no Cauim – Resgatando o belo saguão do único cinema de rua de Ribeirão Preto, o Festival Fagulha traz convidados de peso para bate-papos sobre Música e Cultura de Auto-Gestão no Cineclube Cauim. Ricardo Rodrigues é organizador do principal festival de música independente do interior de São Paulo, o Contato, além de gestor da Rádio UFSCar e da casa de shows GiG. O produtor fala sobre o Cenário de Música Independente a partir das 20h da quarta-feira, dia 12/11. Já na quinta, dia 13, também às 20h, o Festival Fagulha recebe um dos experts em Economia Solidária e Auto-Gestão do Brasil, o professor e ativista Ioshiaqui Shimbo. Atualmente atuando no Núcleo Multidisciplinar Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária da UFSCar, Shimbo tira dúvidas e conta experiências da Auto-Gestão. Os bate-papos acontecem no Cauim, na rua São Sebastião, 920, e também serão transmitidos em tempo real no link coletivofuligem.com.br

Dê um Rolê – As noites de sexta-feira e sábado do Festival Fagulha serão tomadas por Dança, Música e Artes Integradas. Na sexta, dia 14, a partir das 22h acontece a festa Danço, Logo Existo! Com mais de 10 intervenções de Sapateado, Dança de Salão, Dança de Rua, Contemporâneo e outros estilos de dança, a programação ainda contará com a batalha musical entre os DJ’s Rogério Brito e René. A festa é um convite para amantes da dança e da musica para tomarem o salão da UGT, localizado na rua José Bonifácio, 59. Para curtir esse grande baile das artes os ingressos custam R$10 (nome na lista) e R$15 (portaria).
Já no sábado é dia do Festival Fagulha ocupar o Teatro de Arena. Com uma noite dedicada à nova música brasileira, o festival apresenta quatro shows de música independente. O hip-hop ribeirão-pretano do grupo Anonimono e a reggueira da banda Seiva Bruta representam a cultura local. Os shows de artistas de outras cidades ficam por conta do swing e mpb da cantora Larissa Baq (Franca) e da música regional da banda Cataia (Ilha do Cardoso). Os do Arena portões serão abertos às 19h e os ingressos custam R$20 (inteira) ou R$10 (meia com carteirinha ou nome na lista).

 

IV FESTIVAL FAGULHA DE ARTES INTEGRADAS

Fagulha nas Escolas
07h às 10h | 13h às 16h
Oficinas e apresentações artísticas propõe novas formas de aprender. Atividade voltada para alunos do Ensino Médio.

12/11 – Quarta-Feira

A Dança de Rua visita a E.E. Rafael Lemos
História, conceitos e passos básicos da Dança de Rua com b-boys da Funk Fockers Crew

13/11 – Quinta-Feira

A Permacultura visita a E.E. Thomaz Alberto Whatelly
A utilização da Permacultura na construção de ambientes mais sustentáveis com o grupo Estação Luz

14/11 – Sexta-Feira

O Teatro visita a E.E. Otoniel Motta
Conceitos básicos e jogos teatrais para a ocupação de espaços públicos de forma cênica com o grupo Panis Et Circenses

 

PósTV no Cauim
20h | Gratuito | Cineclube Cauim (Rua São Sebastião, 920, Centro)
Converse sobre arte, cultura, e economias alternativas com convidados especiais no cinema mais charmoso da cidade ou acompanhe ao vivo pela internet no coletivofuligem.com.br

12/11 – Quarta-Feira

Música Independente em São Paulo
Produtor do Festival Contato, Rádio UFSCar e a casa de shows GiG, em São Carlos, Ricardo Rodrigues fala sobre o cenário da música independente no interior paulista.

13/11 – Quinta-Feira

Economias alternativas
Coordenador da Incubadora de Cooperativas e professor na UFSCar, Ioshiaqui Shimbo nos provoca à pensar em uma Economia baseada na cooperação e não na competição.

 

Dê um Rolê
Noites com diferentes expressões artísticas para você se divertir e conhecer novos sorrisos

14/11 – Sexta-Feira

Festa Danço, Logo Existo
22h | $10 nome na lista $15 portaria | UGT (Rua José Bonifácio, 59)

Uma noite para os amantes dos mais diversos tipos de dança. Sapateado, Dança de Salão, Contemporâneo,Dança Urbana, e outros estilos espalhados pela pista com mais de 10 intervenções do Movimento muDança. Os Dj’s Rogério Brito e René travam a batalha dos discos com clássicos do Black Music, Samba Rock, Funk 70’s e muito mais para fazer você também entrar no ritmo.

15/11 – Sábado

19h | $20 inteira $10 meia ou nome na lista | Teatro de Arena (Morro de São Bento)

Fagulha no Teatro de Arena
Encerramento do festival com mostra de música autoral com as quatro shows que te levam desde o hip-hop, reggae, samba, música regional e rock n’ roll.

Anonimono (Ribeirão Preto)
Seiva Bruta (Ribeirão Preto)
Larissa Baq (Franca)
Cataia (Ilha do Cardoso)
DJ Vinilão (Jaboticabal)

(Em caso de chuva o evento será transferido para a UGT na Rua José Bonifácio, 59)


Realização: Coletivo Fuligem e Fora do Eixo
Apoio: Memorial da Classe Operária, Ateliê da Gula, Cineclube Cauim e Nova Digital
Filiado à Rede Brasil de Festivais e ao Circuito Paulista de Festivais Independentes



Deixe um Comentário