Festival de Bolso reúne artes em pleno Dia do Trabalho (01/05)

Fuligem Comunicação | Ribeirão Preto

Fala meu povo ribeirinho,

Já tem programa para o dia do trabalho, feriado colocado de forma desastrosa em um sábado? Tudo bem, não se preocupe, não tem nada não.

Tem sim! Dia 01 de Maio tem o I Festival de Bolso promovido pelo Coletivo Fuligem. A programação começa às 15h e reúne cinema, música, artes circenses e plásticas. Ah, isso tudo de forma gratuita! Basta comparecer ao Templo da Cidadania, localizado na rua Conde Afonso Celso 333 (Veja o mapa), tomar um chopp gelado e curtir arte e diversidade durante toda a tarde. Entaremos recolhendo doações de 1kg de alimento ou 1 agasalho no local.

A campanha SEU FILME NA TELA reuniu dois documentários independentes para a sua primeira sessão. Palco Roosevelt conta a história de diversos personagens que formam o dia-a-dia da famosa Praça Roosevelt, localizada na Grande São Paulo. O filme venceu o prêmio de melhor roteiro do 3º Festival de Cascavel. Já o segundo documental, Deus Pode Ser Um Ator, mostra a emoção e a fé que movem a Festa do Divino na cidade de São Luiz do Paraitinga.

Já o Circuito Fora do Eixo vem agregar música ao Festival de Bolso. Diretamente de Araraquara, e ligada ao Colméia Cultural, a banda Os Rélpis traz à Ribeirão Preto toda a alegria e a diversidade do novo tropicalismo. Quem faz a sala são os ribeirão-pretanos da Chavala Talhada. Sem precisar de muitas apresentações, a Chavala traz no repertório suas músicas próprias que farão o esqueleto balançar.

E ainda não acabou, tem mais! A trupe de palhaços do Grupo Zibaldoni também fará parte da festa. Bisgoio, Napolino e Quirino vão aprontar suas confusões no Festival de Bolso provocando a cachola dos espectadores.

Fiquem de olho na decoração do Templo da Cidadania. Nas paredes poderão ser vistas, e até compradas, as obras psicodélicas do artista plástico Renan Baltazar, mais conhecido como Albino. Os CD’s, bottons, camisas e chaveiros do Circuito Fora do Eixo estarão á venda na banquinha do Enxame Coletivo, parceiro de Bauru.

É isso ae pessoal. Espero ver a galera que gosta de arte, festa e troca de idéias presente. Vale lembrar que esse é o primeiro evento do Coletivo Fuligem, mesmo com muito trabalho estaremos lá para bater um papo de cumadre.

Inté!



Deixe um Comentário